Casais realmente felizes não expõem a vida nas redes sociais, diz estudo


É tempo de vida online, onde a realidade vivida no nosso dia a dia se cruza com aquela construída nas redes sociais. Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, Tinder, entre outros, são algumas das ferramentas que proporcionam a possibilidade de abrir uma janela para a nossa vida e espiar a janelinha dos outros também.
É claro que a internet e as relações que são estabelecidas por meio dessas conexões podem proporcionar inúmeros benefícios, como manter contato com amigos distantes, conhecer novas pessoas, ajudar e ser ajudado, promover campanhas e até compartilhar artigos como este.
No entanto, no meio de todas as ‘personalidades’ que permeiam esse universo digital, ganha destaque a exibição da vida de casais. De acordo com um estudo publicado pelo Personality and Social Psychology Bulletin, casais mais felizes não expõem a vida a dois nas redes sociais.
Os pesquisadores descobriram que os parceiros que costumam se exibir mais são os mais inseguros em relacionamentos. Nos testes que levaram a essa conclusão, foi observado que as pessoas mais ansiosas são as que tendem a postar mais no Facebook e que elas dependem da avaliação dos outros para validar o status do relacionamento.
Por outro lado, os casais mais felizes não têm esse mesmo hábito porque estariam satisfeitos, dando preferência aos momentos reais do que às provas virtuais. Parece que os seguros não precisam medir o amor por ‘curtidas’, mas pelos momentos a dois, mesmo.
TAG