Veja como foi o Primeiro dia do Forró & Folia 2016 reúne multidão em Maceió | Radio Mega Flex | Web Radio Gay, Gay Radio, Web Radio LGBT, Radio LGBT, Radio GLS, Radio Gay Brasil
Sorteio Lucas Angelo Programa Sorteio
1 2 3 4

Veja como foi o Primeiro dia do Forró & Folia 2016 reúne multidão em Maceió

Xodó e Xamego, Luar do Nordeste e Amanhecer no Sertão se apresentaram.
Evento começou, neste sábado (11), no Ginásio do Sesi, no Trapiche.

Noivos da 'Xodó e Xamego' no final da apresentação (Foto: Lucas Leite/G1)

O primeiro dia do Concurso de Quadrilhas Juninas Forró & Folia, realizado neste sábado (11), levou uma multidão de espectadores ao Ginásio do Sesi, localizado no Trapiche da Barra, em Maceió. O evento é uma iniciativa das Organizações Arnon de Mello e reúne 24 concorrentes do Grupo Especial e 18 do Grupo de Acesso. O acesso ao local é gratuito.
No primeiro dia se apresentaram as quadrilhas Xodó e Xamego (Rio Largo), Luar do Nordeste (Messias) e Amanhecer no Sertão (Maceió). Elas fazem parte do Grupo Especial e concorrem às vagas para a grande final da categoria, que será realizada no dia 23 de junho.
De acordo com o organizador do evento, Gilberto Lima, cerca de 4 mil pessoas compareceram ao primeiro dia do Forró & Folia. "Esperamos o melhor o possível das apresentações. Achamos que 4 mil pessoas vieram devido às quadrilhas que dançaram aqui esta noite".
Para compor a nota de cada grupo, Lima explica que serão analisados cinco quesitos: coreografia, figurino, originalidade, marcador e o casamento.
A primeira quadrilha a se apresentar foi a Xodó e Xamego, da cidade de Rio Largo (Foto: Lucas Leite/G1)A primeira quadrilha a se apresentar foi a Xodó e
Xamego, da cidade de Rio Largo
(Foto: Lucas Leite/G1)
"Ao todo são cinco quesitos divididos em subcategorias. Cada quadrilha tem 10 minutos para organizar o cenário na entrada, 25 para a apresentação e mais 10 para organizar a saída, totalizando 45 minutos", diz Lima.
Xodó e Xamego
A primeira quadrilha a se aprensentar foi a Xodó e Xamego. Segundo o dançarino da quadrilha Paulo Sérgio, de Rio Largo, os 70 componentes, divididos em 54 casais e 16 pessoas da produção, estão se preparando desde setembro de 2015.
O tema escolhido para este ano foi "Sou Gente de Marinês", homenageando Inês Caetano de Oliveira, uma famosa cantora de xaxado, morta em 5 de setembro de 2007. "Pretendemos fazer a melhor apresentação e tirar boas notas. O tema foi escolhido pela organização em homenagem à Rainha do Xaxado".
A quadrilha subiu para o Grupo Especial há dois anos, e realizou a primeira apresentação na categoria em 2015.
Milhares de pessoas foram assistir às quadrilhas juninas durante festival em Maceió (Foto: Lucas Leite/G1)Milhares de pessoas foram assistir às quadrilhas juninas durante festival em Maceió (Foto: Lucas Leite/G1)
Luar do Nordeste
A segunda quadrilha a se apresentar foi a Luar do Nordeste, de Messias, com o tema "Simplesmente São João". O presidente do grupo, fundado em 2009, Eguimar Ferreira, explica a motivação do tema. "O tema vai lembrar a tradição do São João matuto e não esquecer a origem, além de homenagear as costureiras".
Ferreira informa ainda que a quadrilha tem 60 pessoas ao total, onde 40 são dançarinas, mas que esse ano se apresenta desfalcada. "Uma das nossas costureiras teve um AVC [Acidente Vascular Cerebral] e não conseguimos terminar as rouas de todos os participantes, por isso só trouxemos 34 pessoas", lamenta.
O tema começou a ser ensaiado desde janeiro de 2016, e a quadrilha prometeu bastante alegria ao publico presente.
Tema da quadrilha foi 'Histórias em Quadrinhos' (Foto: Lucas Leite/G1)Tema da quadrilha foi 'Histórias em Quadrinhos'
(Foto: Lucas Leite/G1)
Amanhecer no Sertão
Uma das diretoras do grupo junino, Luciene Rodrigues, afirmou que a quadrilha quis surpreender este ano e, por isso, apresentou o tema "Histórias em Quadrinhos".
"A história consiste na vida de uma bruxa má que foi enganada por seu amado e lançou uma maldição na cidade, tirando toda a cor e amor do lugar", conta Luciene.
A quadrilha é composta atualmente de 130 pessoas, com 76 dançarinos e o restante dividido entre apoio e produção.
"O nosso marcador é um cartunista. Sempre procuramos surpreender, essa é a intenção. Já apresentamos temas como bonecos de barro, cinema e cabaré, e esperamos uma boa nota também este ano".
Quadrilha Amanhecer no Sertão foi a última a se apresentar na noite de sábado (11) (Foto: Lucas Leite/G1)Quadrilha Amanhecer no Sertão foi a última a se apresentar na noite de sábado (11) (Foto: Lucas Leite/G1)
COMPARTILHAR:

Google+

Comente nossa postagens com o Facebook:

Postagem da Semana

Compre Sua Maquina de Cartão Point I

A maquininha de cartão Point I não tem aluguel, não tem taxa de adesão e não precisa de celular porque ela acompanha um chip com plan...

Radio Mega Flex I Todos Os Direitos Reservados. Tecnologia do Blogger.