Nova presidente do Superior Tribunal Militar promete mudanças para LGBTs


Nova presidente do Superior Tribunal Militar promete mudanças para LGBTs
No próximo dia 16 de junho, Maria Elizabeth Rocha fará história ao se tornar a primeira mulher a ser presidente do Superior Tribunal Militar, que responsável por julgar em última instância os crimes militares.

Maria assumiu um lugar no STM em 2007 e, dois anos depois, conseguiu que servidores da Justiça Militar da União pudessem incluir companheiros do mesmo sexo como beneficiários do plano de saúde da categoria.
 
Conhecida por ser defensora dos direitos das mulheres e dos homossexuais, ela quer mudanças para os gays. "É inconcebível, antiético, antidemocrático, inconstitucional você diferenciar cidadãos por conta da orientação sexual. Você vai impedir um homossexual de servir a Pátria, que é um dever que ele tem, e transformá-lo em um cidadão de terceira categoria?”, indagou em entrevista ao G1.
 
"Acho que os militares e a própria sociedade têm avançado muito em aceitar. A questão da tolerância não é você necessariamente concordar, mas tem que aceitar", finalizou. 

Fonte: A CAPA
TAG