Quatro homens no Egito são presos por serem gays

Quatro homens no Egito são presos por serem gays
Quatro homens foram presos no Egito por "atividades homossexuais". Eles podem pegar até oito anos de prisão por organizar festas de sexo gay, se vestirem como mulher e se maquiarem. 

Embora não haja nenhuma lei especifica contra homossexualidade no Egito, o tribunal local tem usado leis que proíbem deboche contra a comunidade LGBT. 

A decisão preocupa ativistas de todo mundo, já que o país é como um espelho para outros árabes, que tentem a imitar o Egito. "O Egito é um estado termômetro na região árabe, o que acontece no Egito define uma tendência para a evolução em todo o mundo árabe", disse em um comunicado da ONG americana Human Rights First. 

Fonte: ACAPA
TAG