Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013

O concurso MBD 2013, que ocorrerá em outubro na cidade de São Paulo, é mais do que um concurso de beleza: o MBD busca por um representante que possa estar a frente da comunidade LGBTS, com o objetivo de contribuir positivamente pelas causas que a comunidade LGBTS luta pelos seus direitos..

Nilton Júnior, de 23 anos, nutricionista  é o representante de Goiás, fala um pouco sobre questões que estão cada vez mais na mídia, sobre leis e também dessa guerrilha existente entre religião e  orientação sexual. Nilton demonstra interesse e é muito bem esclarecido com essas questões. Conheça um pouco mais sobre o ponto de vista do candidato!

The Pub: Atualmente, as causas LGBTS estão com um foco maior em nossa sociedade, decorrente a várias manifestações e situações ocorridas em nosso governo (como por exemplo, o PLC 122, tema da XVII Parada do Orgulho gay da Cidade de Goiânia). Como você vê essas causas agindo na sociedade brasileira?

Nilton Junior: Nossa sociedade foi construída a partir de conceitos heteronormativos e sexistas que vem sendo trazido ao longo dos tempos em nossa sociedade. O momento atual por qual passamos e de fundamental importância para que tais conceitos possam ser superados, a PLC122 e um exemplo palpável disso: tais atos tornam visíveis e viáveis que a nossa sociedade evolua continuamente para um ambiente tolerante e politicamente ativo, onde todos serão beneficiados e iguais perante a justiça independendo de sua classe social, cor, sexualidade ou identidade de gênero. Independente de tais fatores, nós somos seres humanos, com características únicas, sociais e biológicas que devem ser respeitadas.

TB –  Há um “certo” conflito entre a comunidade evangélica e a comunidade LGBTS. Se você tivesse o “Dom” de promover a paz entre essas duas comunidades, o que faria?

Nilton: A paz creio eu,  seja algo buscado por todos nós. Com tal “dom”, eu certamente buscaria mostrar a tais pessoas que a intolerância não é algo que acrescente em nada nas relações sociais, que amar implica em aceitar. Penso que as doutrinas religiosas em si precisam ser repensadas quando tratamos de assuntos relacionados a sexualidade, pois como já havia considerado acima, nos viemos de uma sociedade historicamente heteronormativa, logo, as religiões constituídas nela, iram reproduzir esse comportamento. Aponto a existência de Deus que a ama a todos seria um caminho para mostrar que a tolerância esta dentro da bíblia e das doutrinas que pregam o amor ao próximo, e amar implica em respeitar e aceitar o outro como ele e! De fato, tal discussão, ainda passará por muito tempo, mas é fundamental que nós estejamos cientes que o conhecimento e a tolerância com o pensamento evangélico será necessária para podermos mostrar o quão igual, humano e saudável, nós somos e merecemos respeito, afinal amar uma pessoa dos mesmo sexo, não fará de mim pior ou melhor.

TB: O concurso MBD procura um representante nacional para difundir causas da comunidade LGBTS para toda uma sociedade. Como você pode contribuir de forma positiva para essa difusão?

Nilton : Minha contribuição seria difundir a todos, questões de saúde, política e sociais sobre nossa comunidade, mostrando as pessoas, de modo geral, de como nossa causa é justa e que apenas defende a igualdade. Além de mostrar a cultura LGBTS para todos, fazendo com que nosso universo seja conhecido para então ser compreendido e respeitado, deste modo creio que a aceitação virá do conhecimento.

TB: Por que, no ano de 2013, a faixa MBD deve ser passada a você, o nosso representante pelo estado de Goiás?

Nilton: Creio que em minhas falas fica claro o quão atento estou as causas de nossa comunidade. Desse modo, creio que com meu carisma, conhecimento e porque não beleza, estou pronto para ser questionado e falar o que e necessário para defender os nossos direitos. Sendo assim, acho que terei grande aceitação e acesso a toda sociedade carregando comigo a causa LGBTs com muito orgulho.

TB: Como define sua participação no concurso?

Nilton: Concorrer ao MDB é algo de prazer inexplicável e de grande honra, pois tenho consciência de que o concurso não busca só trazer conceitos estéticos e esta engajado também em mostrar para a sociedade como a comunidade gay se expressa para a construção de um mundo mais tolerante e igualitário. Por fim, digo que estou lisonjeado e profundamente grato pelo fato de poder representar a toda comunidade LGBTS do Estado de Goiás e espero, com muita estima, poder representar as todos nacionalmente como Mister Brasil Diversidade

Entrevista realizada pelo portal The Pub

Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013
Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013
Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013
Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013
Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013
Confira entrevista com o candidato de Goiás ao MBD 2013
TAG